Imagem: reprodução

 

Com voto e mobilização política da senadora Zenaide Maia (PSD-RN), que é médica, o Senado Federal aprovou, nesta terça-feira (21), um projeto de lei que cria o Programa Nacional de Vacinação em Escolas Públicas. Todo ano, a equipe de Saúde local irá às escolas públicas para vacinar alunas e alunos matriculados nos ensinos infantil e fundamental, oferecendo as vacinas previstas para cada idade.

 

O texto (PL 826/2019) já havia sido aprovado na Câmara e segue para sanção da Presidência da República.

A proposta determina que as escolas e unidades de saúde deverão divulgar com antecedência as datas em que a campanha ocorrerá, orientando os estudantes a levarem o cartão de vacinação. As instituições particulares que desejarem poderão aderir ao programa, embora não seja obrigatório para elas.

Ao comemorar a aprovação, Zenaide destacou que a vacinação nas escolas na prática já é uma realidade, porque facilita a vida de mães e pais. Isso porque muitas escolas pedem as campanhas em razão de os responsáveis não terem tempo de levar seus filhos para tomar vacina na hora do expediente. Ela também frisou que quem vacina as crianças não é a escola, e que as equipes de saúde providenciam tudo que é necessário.

“Por favor, gente, é muito grave criar dúvidas na população sobre as vacinas! O projeto de lei que aprovamos apenas facilita a vida dos pais que trabalham fora o dia todo. Não é a escola que vai vacinar, é a unidade de saúde, gente preparada, com tudo organizado, com tudo descartável, que vai lá e faz essa vacinação. Isso sempre foi muito comum nas escolas e até em shoppings. No Rio Grande do Norte, todos os shoppings têm horário de vacinação, para facilitar, aos finais de semana, a vida dos pais que têm que vacinar. É para salvar vidas!”, frisa Zenaide.

Tanto a senadora quanto o relator lembraram que a diminuição da cobertura levou ao reaparecimento de doenças como o sarampo. O Brasil perdeu, por exemplo, o título da Organização Mundial da Saúde de país livre do sarampo. “A vacinação é um ato coletivo, em benefício de toda a população”, frisou Zenaide.

Aumento da cobertura vacinal

O projeto prevê que crianças, jovens e adultos da comunidade poderão também ser vacinados, se houver disponibilidade de imunizantes. O objetivo é ampliar a cobertura vacinal da população.

Após a campanha, os responsáveis pelas crianças que não tiverem sido vacinadas nas respectivas escolas terão 30 dias para levá-las às unidades de saúde para serem imunizadas. Depois desse prazo, equipes de saúde poderão fazer visitas domiciliares às famílias para conscientizá-las sobre a importância da imunização. O relator, Marcelo Castro (MDB-PI), ressaltou que o projeto não impõe a obrigatoriedade de vacinação.

Foto: Jonas Pereira/Agência Senado

O Senado aprovou nesta quarta-feira projeto de lei que prorrogar a reserva de vagas para negros em concursos públicos, a ser extinta em junho deste ano, por mais 25 anos. O texto eleva a cota dos atuais 20% para 30% e inclui outras minorias, como quilombolas e indígenas. O texto segue agora para apreciação da Câmara dos Deputados.

O projeto, uma das prioridades da pauta social do governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), sofreu forte resistência da oposição que queria tirar a medida da pauta de votação do dia.

Se nós, como Estado brasileiro, precisamos implementar uma política de reparação e de equiparação, façamo-lo pelo critério social. Os mais pobres e os mais fragilizados sejam ajudados pelo Estado, e não essa divisão, que não é boa para o Brasil — afirmou o líder da oposição, senador Rogério Marinho (PL-RN).

A regra atual tem validade até junho deste ano. O texto é de autoria do senador Paulo Paim (PT-RS) e o relator é o senador Humberto Costa (PT-PE). Uma versão anterior do texto já havia sido aprovada pela Comissão de Direitos Humanos da Casa, sob relatoria do senador Fabiano Contarato (PT-ES).

Todos nós sabemos que a pobreza no Brasil é negra, é parda, é indígena, principalmente, o que não significa que não existam pessoas brancas que sejam pobres também, mas o grosso da pobreza no Brasil está concentrado nesses segmentos. E, mesmo entre pessoas de mesma classe social, de mesmos rendimentos, que não são medidos nesses concursos, é sempre mais provável, estatisticamente demonstrável, que alguém de cor branca tenha mais possibilidades de ser aprovado em um concurso como esse— disse Humberto Costa.

O senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) chegou a apresentar uma emenda para mudar o critério das cotas para sociais, mas a sugestão foi rejeitada por 32 a 29 votos.

A votação do projeto chegou a ser adiada diversas vezes nas comissões do Senado.

A principal preocupação da ministra da Gestão é o prazo. A lei atual perde vigência no início de junho, em um ano em que o governo de Luiz Inácio Lula da Silva promove uma série de concursos públicos.

O Globo

Dra Rafaella

Foto: reprodução/Metrópoles

A Conmebol anunciou a criação de uma regra que passará a ser utilizada durante a disputa da Copa América deste ano. Em comunicado divulgado na noite desta terça-feira (21/5), a entidade informou que passará a utilizar o cartão rosa, que tem o intuito de autorizar substituições de jogadores que sofrerem pancadas na cabeça.

Essa substituição poderá ocorrer para além das cinco já estabelecidas durante a partida. Ela será autorizada caso exista a suspeita de concussão cerebral ou traumatismo craniano.

A decisão foi tomada pela Direção de Competições e Operações da Conmebol. Para que essa mudança ocorra, o árbitro ou o quarto árbitro da partida deverão ser informados para que o cartão rosa seja utilizado.

A entidade ainda destacou que o jogador que for substituído sob o novo regulamento deverá ser encaminhado diretamente para o vestiário ou para o centro médico. O atleta em questão não poderá retornar para o campo, nem para uma possível disputa de pênaltis.

Essa regra já foi adota pela CBF para a disputa das séries A e B do Campeonato Brasileiro.

A Copa América terá início no dia 20 de junho e seu término está programado para o dia 14 de julho.

Metrópoles

Carvalho

Foto: Getty Images

O governo da Argentina anunciou nesta terça-feira, 21, que irá suspender as contas em redes sociais e os sites dos meios de comunicação estatais. No comunicado, a gestão afirma que a medida faz parte de um processo de “reorganização” com o objetivo de “melhorar os conteúdos gerados”. A atitude está sendo vista como “censura” pelo Sindicato de Imprensa de Buenos Aires.

A suspensão afetará a Televisão Pública, Rádio Nacional, as emissoras do interior do país, o canal educacional Encuentro e o infantil Paka Paka, além das rádios FM Clásica, FM Rock e FM Folclórica. O governo destacou ainda que “os critérios de divulgação nas redes sociais serão unificados e a comunicação digital será reiniciada após uma reorganização interna das empresas”.

Durante esse período, as contas passarão para as mãos da chefe da Gerência de Mídia Digital e Institucional da Radiotelevisión Argentina (RTA), Agustina Zeballos, conforme relatado pela mídia argentina.

Essa não é a primeira ação do governo Milei contra os meios públicos. Em março, a agência pública de notícias argentina foi fechada, após o presidente Javier Milei informar que seria encerrada por, segundo ele, produzir apenas propaganda ‘kirchnerista’, em referência à ex-presidente Cristina Kirchner.

A medida não foi bem recebida pelos defensores da imprensa. O Sindicato de Imprensa de Buenos Aires (Sipreba) emitiu uma nota de repúdio em nome dos jornalistas da mídia pública, criticando o “silenciamento das redes sociais de ambos os meios” e acusando o governo atual de “censura e intimidação, que se soma ao silenciamento da Télam”, referindo-se à agência estatal.

“Os senadores devem defender a mídia pública rejeitando sua privatização e a lei básica”, destacou o sindicato.

Poder360

Foto: Adriano Abreu

Uma companhia aérea foi condenada a indenizar um passageiro por danos morais no valor de R$ 3 mil, devido a atraso de voo de aproximadamente 8 horas, referente a contratação do serviço para o trecho de viagem entre Cuiabá – Brasília – Natal. A determinação foi do juiz Daniel Couto, da Vara Única da Comarca de Tangará.

De acordo com o cliente, o voo foi cancelado e remarcado com chegada ao destino às 1h20 do dia seguinte, prejudicando-o em relação a compromissos. Já a empresa alegou que no voo original apresentou necessidade de manutenção extraordinária na aeronave, gerando o cancelamento. A companhia área argumentou, ainda, que a situação não estava no controle da empresam, o que afastaria a responsabilização, não havendo, portanto, ofensa à dignidade do passageiro.

Decisão

Ao analisar o caso e à luz do Código de Defesa de Consumidor e do Código Civil, o juiz Daniel Couto afirmou que houve tal responsabilidade e que bastava “a demonstração do dano experimentado e do nexo causal entre aquele e a conduta atribuída à empresa demandada” para comprovar a responsabilização.

Além disso, o magistrado também deu destaque que, “se é que foi aquele o motivo da mudança do voo, pois não foi comprovado minimamente”, a companhia aérea “deveria agir com mais antecedência evitando tamanho constrangimento e espera”.

Nesse sentido, o magistrado pontuou que o fato de a empresa ter realocado o passageiro em um outro voo, não afastava o dever de reparar os danos experienciados pelo consumidor.

Dessa forma, comprovado o atraso do voo, o julgador afirmou ser inegável as complicações enfrentadas pelo consumidor, que perdeu um dia por conta da falha na prestação de serviço, concluindo ser cabível a indenização de R$ 3 mil por danos morais e o pagamento das custas processuais e dos honorários advocatícios por parte da empresa aérea.

Com informações do TJRN

Prolocar

Foto: Alex Régis/Tribuna do Norte

O Rio Grande do Norte foi o único estado do Nordeste a não participar de uma chamada pública do Governo Federal para renovação da frota de transporte público urbano no âmbito do Novo PAC Seleções. Para participar da chamada, seria necessário que estados, municípios com mais de 150 mil habitantes, consórcios públicos ou operadores privados do sistema de transporte público coletivo desses municípios, enviassem até novembro do ano passado, propostas ao Ministério das Cidades, com base em critérios e diretrizes como aquisição de ônibus elétricos e idade da frota a ser substituída, dentre outros.

Para a primeira etapa da renovação, segundo o Governo Federal, são disponibilizados R$ 10 bilhões para investimentos no transporte coletivo de 61 municípios do País. No RN, três municípios com mais de 150 mil habitantes foram considerados elegíveis para a renovação da frota, conforme relação divulgada pelo Governo Federal: Natal, Mossoró e Parnamirim. A Tribuna do Norte procurou a prefeitura das três cidades, além do Governo do Estado, para obter um posicionamento sobre a questão.

A Prefeitura do Natal explicou que não houve submissão de propostas, uma vez que a seleção “é para obtenção de financiamento” e o Município está com a “capacidade de endividamento saturada”. A assessoria de comunicação da Prefeitura informou que recentemente houve renovação de frota, via convênio, para outros segmentos “em ações da Guarda Municipal, Patrulha Maria da Penha, Saúde, Samu e Educação”. Em razão disso, o Município disse não enxergar “a necessidade de contrair novas dívidas com novos equipamentos”.

Tribuna do Norte

Carvalho

Nesta terça-feira (21), a Prefeitura do Assú esteve presente no Encontro Nacional do Programa de Compras Eficientes para o Sistema Único de Segurança Pública (SUSP), onde a cidade foi beneficiada com a entrega de uma viatura 4×4 para uso da Polícia Militar.

O prefeito Gustavo Soares participou do evento junto ao deputado George Soares. “Vale lembrar que Assú, em parceria com o deputado George, tem recebido fortes incentivos à segurança pública. Entre o final de 2023 e o presente momento, já foram destinados veículos para os Bombeiros, Polícia Civil, Patrulha Maria da Penha e agora mais um para Polícia Militar”, destacou o prefeito.
Outro ponto ressaltado pelo prefeito foi a instalação de câmeras de monitoramento 24 horas na cidade, que têm fortalecido os serviços de segurança municipal.
O evento contou com a presença da governadora do RN, Fátima Bezerra, do secretário estadual de Segurança Pública, Coronel Araújo, além de membros do corpo de segurança pública, prefeitos municipais e deputados estaduais.
Ao todo, nesta terça, o Governo do Rio Grande do Norte e o Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) entregaram 75 novas viaturas para a Polícia Militar do RN. Os veículos foram adquiridos com recursos do Fundo Nacional de Segurança Pública.

Na tarde desta terça feira, 21 de maio, o agrônomo, poeta, escritor e jornalista Crispiniano Neto visitou a sede nacional do Partido dos Trabalhadores – PT, onde conversou com a deputada federal Gleisi Hoffman, presidente nacional da sigla.
Por ordem do Presidente da República, a deputada presidente do PT está se informando com lideranças petistas de todas as regiões brasileiras sobre a realidade política dos municípios onde o PT participa das chapas majoritárias, seja na cabeça com o candidato a prefeito, seja com o candidato ou candidata a vice.
O PT sempre priorizou as capitais e cidades grandes nas disputas municipais, mas nunca deixou de estabelecer uma estratégia especial para municípios de pequeno porte, ou seja, os que possuem até dez mil eleitores ou um pouco mais, como é o caso da Serra do Mel, que está beirando os treze mil votantes. Metade dos municípios brasileiros são iguais ou menores que a Serra do Mel e isso requer uma atenção especial, do ponto de vista administrativo e no aspecto político.
No âmbito do PT existe uma grande preocupação em aumentar significativamente o números de prefeitos e prefeitas do PT, pois atualmente muitos prefeitos recebem verbas federais e escondem que o dinheiro vem do Governo Lula.
Desde o segundo Governo de Dilma Rousseff, o PT nacional se interessa pela Serra do Mel, com vistas a transformar nosso município em modelo para municípios deste porte. Acontece que, quando as discussões estavam começando, veio o processo de impeachment, Dilma foi afastada e o governo Michel Temer não levou à frente a ideia.
No momento, a Serra do Mel volta a entrar no radar do Governo Federal, porque Lula já anunciou que quer evitar o processo de conflitos no campo, diminuindo ou eliminando as ocupações de terra, que quase sempre redundam em conflitos violentos, até com vidas de trabalhadores sendo perdidas pelas mãos da pistolagem contratada pelos patrões.
Lula pretende cadastrar terras que se encontram improdutivas e preparar os projetos de assentamentos, montar a estrutura e fazer a seleção das famílias de trabalhadores rurais sem terra para ocuparem os lotes e agrovilas. Crispiniano Neto vem informando às autoridades federais que o modelo que Lula quer adotar é o mesmo que foi implantado na Serra do Mel no início da década de 1970 e que, apesar de todos os problemas administrativos e descasos cometidos, a Serra do Mel hoje é um projeto bem sucedido, que virou município e pode ser transformado no exemplo que Lula quer para o Brasil.
Novas conversas estão sendo marcadas. A próxima deverá ser com um diretor nacional da CONAB – Companhia Brasileira de Abastecimento, onde Crispiniano irá mostrar o enorme prejuízo econômico que a cajucultura da Serra do Mel e do Nordeste em geral vem tendo pelo fim da política de preços mínimos que foi desativada nos governos passados e que por isto, o preço da castanha está no seu pior patamar, onde o preço do quilo da castanha “in natura” quase não cobre os custos de produção.

Foto: Rosinei Coutinho/STF

O ministro Alexandre de Moraes ironizou sua saída, em breve, do cargo de presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). “Encerrando a minha participação para a tristeza de muitas pessoas”, disse o ministro na sessão desta terça-feira (21).

Moraes deixará a Corte em 3 de junho, quando será sucedido no comando da Corte pela ministra Cármen Lúcia, já eleita para o posto.

“Eu digo aqui, ministra Cármen, quase encerrando a minha participação neste Tribunal Superior Eleitoral, eu sei que para a tristeza de muitas e muitas pessoas, mas encerrando”, ironizou o ministro durante seu voto no julgamento dos recursos que pediam cassação do mandato do senador Sergio Moro (União-PR) — por unanimidade, a Corte rejeitou as ações.

No julgamento, Moraes também lembrou que já sofreu ameaças ao argumentar contra a cassação do mandato de Moro.

CNN Brasil

Carvalho


A atleta Maria Gabriela Pessoa, de Canguaretama, sagrou-se campeã da I fase do Campeonato Brasileiro de Karatê Esportivo, realizado no ginásio Caio Martins, Rio de Janeiro, no último final de semana. O Campeonato serviu como etapa classificatória para o mundial que será realizado em Buenos Aires, Argentina, em outubro desse ano.

Maria Gabriela concorreu na categoria 10-11 anos, até a faixa amarela e -40kg, e está, para variar, sem patrocínio para disputar o mundial da categoria. Nessa terça-feira (21), Gabriela foi recebida em sua escola em Canguaretama por todos os alunos.

Carvalho

Após a Prefeitura de Serra do Mel postar em suas redes sociais um pôster sobre a operação tapa-buraco realizada pelo Governo do Estado, e o prefeito Bibiano afirmar que “O deputado estadual Dr. Bernardo, está trazendo […] serviço de tapa-buracos na RN-011.” O emancipador, Crispiniano Neto utilizou seu espaço na mídia para falar a verdade e combater as fakenews disseminadas pelos governistas.

Crispiniano visitou trechos da RN-011 que estão recebendo a ação do Governo e aproveitou para falar sobre a sua solicitação direta à governadora Fátima Bezerra.

Carvalho

 

Foto: Reprodução/Portal ALRN

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (ALRN) realiza audiência pública com o tema “Licença Adoção”. O debate acontecerá na próxima quinta-feira 23, às 14h, no auditório Cortez Pereira. A audiência está inserida na 10ª Semana Estadual de Adoção e faz parte dos trabalhos da Frente Parlamentar Estadual em Defesa dos Direitos das Crianças e Adolescentes.

A licença adoção é um direito legal que permite que os pais adotivos tenham um período de afastamento do trabalho para cuidar do processo de adoção e para estabelecer laços com a criança recém-adotada. Essa licença pode variar em duração e condições dependendo das leis e regulamentos.

Geralmente, a licença adoção é concedida tanto para mães quanto para pais adotivos, garantindo-lhes tempo para lidar com questões administrativas relacionadas à adoção, bem como para fornecer apoio emocional e estabelecer um ambiente familiar estável para a criança recém-adotada. Durante esse período, os pais adotivos podem precisar comparecer a audiências judiciais, participar de reuniões com assistentes sociais e médicos, e ajustar-se à nova dinâmica familiar.

No RN, as adoções de crianças e adolescentes cresceram 47%, em 2023, na comparação com 2022. Os dados são da Coordenadoria da Infância e Juventude da Justiça do estado. Foram 50 adoções até o início de dezembro, contra 34 ao longo de 2022. A média mensal de adoção saiu de 2,83 casos no ano passado para 4,16 por mês neste ano.

Atualmente ainda existem 31 crianças e adolescentes aptas à adoção no Rio Grande do Norte e 451 pretendentes habilitados, que estão na fila para adotar, conforme dados do dia 5 de dezembro. Os números do Judiciários ainda apontam que as crianças e adolescentes pardos predominam nas escolhas feitas por casais ou pessoas aptas a adotar. De 2022 para 2023 o aumento foi de 40% no número de adoções de crianças pardas. Apenas uma criança da cor preta foi adotada em 2023.

Com informações do Agora RN

Carvalho

Foto: Reprodução/Google Maps

O governo do Rio Grande do Norte sancionou uma lei que reserva 10% das vagas em concursos públicos do estado para pessoas com deficiência. O texto foi publicado no Diário Oficial do Estado no último sábado (18).

O projeto foi aprovado na Assembleia Legislativa no dia 23 de abril e, desde então, aguardava análise do Poder Executivo.

A nova lei altera o artigo 12 da Lei Complementar Estadual nº 122, de 1994, que trata do regime jurídico único dos servidores públicos civis do Estado e das autarquias e fundações públicas estaduais.

Anteriormente, a lei estadual previa a reserva de 5% das vagas em concursos para pessoas com deficiência.

A matéria foi apresentada no Legislativo pelo deputado estadual Ubaldo Fernandes (PSDB) e aprovada por unanimidade.

Na ocasião da aprovação, o parlamentar ressaltou que, segundo dados do IBGE, quase 10% da população potiguar apresenta alguma deficiência.

Fonte: g1 RN

Prolocar

 

Evento da Anprosex, apoiado pela Fatal Model, reuniu associações de oito capitais entre 15 e 17 de maio

Com apoio da plataforma de acompanhantes Fatal Model, a cidade de Natal-RN foi palco do 1º Encontro da Anprosex (Articulação Nacional de Profissionais do Sexo), realizado de 15 a 17 de maio.

O evento reuniu associações de Natal, Recife, Brasília, Belém, Maceió, Fortaleza, Salvador e Belo Horizonte para discutir questões de reconhecimento e dignidade para trabalhadoras sexuais.

Temas como a garantia de direitos, acesso a políticas sociais e cuidados com a saúde estiveram em destaque, refletindo a importância de abordar de forma ampla e inclusiva a realidade da comunidade.

“Acreditamos que a informação e novas ferramentas de trabalho, como a plataforma, possibilitam que as trabalhadoras atuem de forma mais segura. Estar presente e apoiar o primeiro encontro Anprosex é reforçar nosso propósito de ampliar o conhecimento sobre a dignidade da profissão e fortalecer o compromisso com o respeito e a segurança da categoria”, afirmou a porta-voz da Fatal Model, Nina Sag, que esteve na ocasião.

Associações presentes: APROSRN, Filhas da Luta RN, APROSBA, APROCE, ADHUMAB, APROSEAL e Coisa de Puta do Pará.

 

Foto: Reprodução

Um voo da Singapore Airlines que saiu de Londres fez um pouso de emergência em Bangkok nesta terça-feira (21) devido a uma forte turbulência que levou à morte de um passageiro, disse a companhia aérea.

A Singapore Airlines não informou quantas pessoas ficaram feridas. Vários relatos da mídia tailandesa disseram que houve 30 feridos.

O avião Boeing 777-300ER com 211 passageiros e 18 tripulantes dirigia-se para Singapura quando fez o pouso de emergência, informou a companhia aérea em comunicado.

CNN

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O julgamento que pode cassar o mandato do senador Sergio Moro (União-PR) será retomado, nesta terça-feira (21), como único item da pauta do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A sessão está marcada para as 19h.

Esta será a segunda data em que a Corte se debruça sobre o tema. No final da manhã da última quinta-feira (16), a análise do caso foi interrompida por questão de tempo — o Supremo Tribunal Federal (STF) tinha sessão no período da tarde.

Segundo Moraes, o julgamento terminará nesta terça. “Iniciaremos e terminaremos o julgamento terça, porque terça nós temos a vantagem de não ter sessão no Supremo de ‘madrugada’, né? Então, terça-feira terminaremos o julgamento”, disse o presidente do TSE.

CNN Brasil

Prolocar

 

A morte da médica Laysa Lira, de 47 anos, causou comoção no Piauí na manhã desta segunda-feira (20). A profissional da saúde estava internada em estado grave em um hospital particular de Teresina e enfrentava complicações por dengue, segundo relataram amigos e familiares. O filho dela, um menino de 5 anos, morreu no dia 7 de maio em decorrência da mesma doença

Os exames que vão confirmar a causa da morte de Laysa, no entanto, ainda não foram divulgados pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) do estado. Se o diagnóstico for confirmado, essa será a 11ª morte por dengue no Piauí em 2024. O filho mais velho da médica está na UTI de um hospital particular com sintomas da doença. O quadro, conforme a família, é estável.

TRABALHAVA EM VÁRIOS HOSPITAIS
Filha do ex-prefeito da cidade de Amarante, Dr. Agenor Lira, Laysa atuava como pediatra em hospitais de Teresina, Água Branca e também em Amarante. O velório acontece hoje no Cemitério Jardim da Ressurreição, na capital piauiense. Nas redes sociais, amigos, prefeituras e orgãos de saúde lamentaram a morte da médica.

“Quanta tristeza, como eu gostava dessa pessoa incrível, de bom coração, humana, solícita, atenciosa, profissional de excelência, sem palavras para expressar essa perda. Só Deus para dar conforto para os familiares e amigos nesse momento tão difícil”, comentou a vice-prefeita da cidade de Água Branca, Marinalva Chaves.

“Quanta dor, estou sem acreditar. Que Deus a receba de braços abertos ao lado de Rafinha”, escreveu Rosany Monteiro, amiga de Laysa.

IMENSA TRISTEZA
A Prefeitura de Amarante divulgou uma nota de pesar em suas redes sociais. “É com imensa tristeza que recebemos a notícia do falecimento da Dra. Laysa Lira, médica da Policlínica de Amarante. Nossos sentimentos e solidariedade à família, amigos e colegas neste momento de dor. Que sua memória seja sempre uma inspiração para todos”, diz o comunicado.

Prolocar

Foto: SIN / Reprodução

Governo do Rio Grande do Norte iniciou neste fim de semana a restauração dos primeiros trechos de estradas estaduais. As obras foram iniciadas exatamente no sábado (18).

O primeiro trecho contemplado foi a RN-117 no trecho entre os municípios de Mossoró e Governador Dix-Sept Rosado.

A via está no lote 1 do Programa de Restauração de Rodovias Estaduais, que abrange ao todo as seguintes vias na região Oeste Potiguar:

  • RN-117 (entre Mossoró e Governador Dix-Sept Rosado);
  • RN-015 (entre Mossoró e Baraúna);
  • RN-177 (entre Rodolfo Fernandes e Coronel João Pessoa, passando por Pau dos Ferros e São Miguel);
  • RN-079 (entre o entroncamento com a BR-405 e Alexandria, passando por Marcelino Vieira);
  • Estrada de Tibau a Grossos.

No total, são 210,5 km neste primeiro trecho, ao custo de R$ 134 milhões. A ordem de serviço para este lote foi assinada no dia 3 de maio pela governadora Fátima Bezerra (PT).

Segundo o governo, o programa irá restaurar ao todo quase 800 km de rodovias em todo o Estado, com um investimento total de R$ 428 milhões. O dinheiro é proveniente de um empréstimo contratado junto ao Banco do Brasil, com aval do Governo Federal.

Fonte: Portal 98Fm

Prolocar

Imagem: Getty Images/iStockphoto

Supremo Tribunal Federal (STF) pautou para o dia 29 um processo que pode liberar o uso de banheiros femininos por trans.

Em virtude de o caso ser de repercussão geral, a decisão do STF vai estabelecer um padrão a ser aplicado em processos semelhantes.

A ação foi movida por uma pessoa trans impedida de usar o toalete para mulheres em um shopping de Santa Catarina.

Conforme a defesa, a pessoa trans passou por uma “situação vexatória” durante abordagem de um segurança.

Decisão sobre trans em banheiros femininos

Desde o início do julgamento, que começou em 2014, os ministros Luís Roberto Barroso e Edson Fachin votaram para que trans possam usar banheiros femininos. O julgamento acabou suspenso, no ano seguinte, após um pedido de vista de Luiz Fux.

“Os transexuais têm direito a serem tratados socialmente de acordo com a sua identidade de gênero, inclusive na utilização de banheiros de acesso público”, argumentou Barroso, que é o relator do caso.

São partes interessadas no caso o Instituto de Bioética, Direitos Humanos e Gênero e a Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transsexuais.

Fonte: Revista Oeste

Dra Rafaella

Foto: Lauro Alves / Governo do RS

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), sugeriu o adiamento das eleições municipais no estado, programadas para outubro deste ano.

Para o governador, a troca de gestão nas prefeituras do RS pode “atrapalhar o processo” de reconstrução das cidades atingidas pelas enchentes desde o final de abril.

“Junho já é um momento pré-eleitoral e, em julho, se estabelecem as convenções. [O adiamento] É um debate pertinente. O Estado estará em reconstrução, ainda em momentos incipientes, em que trocas de governos municipais podem atrapalhar esse processo. O próprio debate eleitoral pode acabar dificultando a recuperação”, afirmou Leite em entrevista ao jornal O Globo publicada nesta segunda-feira (20).

Segundo o político tucano, levará “alguns meses” para que a vida da população no estado volte a “algo perto do normal”. Cidades inteiras foram destruídas e precisarão ser reconstruídas em outros locais.

Indefinição sobre candidatura

Antes das enchentes, Eduardo Leite ainda não havia decidido qual candidato à prefeitura de Porto Alegre apoiaria. Diante do estado de calamidade, o tucano afirmou que a definição “está abaixo de outras prioridades”.

Na capital, o principal postulante ao cargo é Sebastião Melo (MDB), atual prefeito que busca reeleição. Ele era tido como favorito em pesquisas registradas antes das chuvas. A situação política de Melo, porém, pode ter se desmontado após as enchentes. O político, assim como Leite, é apontado como um dos culpados pela tragédia no Rio Grande do Sul.

Maria do Rosário (PT) é o nome da oposição. Ela já recebeu o apoio de outras legendas, como o PSOL, para tentar resgatar o protagonismo do campo progressista em Porto Alegre.

Fonte: Portal 98Fm

Prolocar
Nossos pontos de vendas:
Açaí do Papelzinho na Av. Senador João Câmara. 
Chega+ Av. Senador João Câmara.
Barões Distribuidora: zap. 84-99877.3378
JM Distribuidora 
Rua Luiz Correia de Sá Leitão.
Zap: 99925.0795
RN Cred
Box Pai e Filho
Moto
*AGORA EM ASSÚ, “MYPHONE IMPORTS”, O LUGAR CERTO PARA COMPRAR O SEU CELULAR! PASSA LÁ!*
Drogaria Sta Rita

Facebook