O presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN), Conselheiro Gilberto Jales, convocou Sessão Especial, na próxima quarta-feira (17/7), às 10h30, no Plenário Dinarte Mariz, para dar posse ao novo Conselheiro George Soares. A vaga pertence ao quadro de indicados pela Assembleia Legislativa e estava aberta desde a aposentadoria do Conselheiro Tarcísio Costa, em maio de 2024.

Deputado estadual em seu quarto mandato, George Soares foi escolhido pela Assembleia Legislativa por meio de uma votação em que alcançou 12 votos, sendo o indicado daquela Casa para a vaga. A Constituição Estadual estipula que quatro das sete vagas de Conselheiro do Tribunal de Contas sejam escolhidas pelo Poder Legislativo, ocorrendo nova indicação sempre que houver vacância.

Nascido em Natal, George Montenegro Soares graduou-se em Ciências Contábeis pela UFRN e obteve especialização em Gestão de Empresas e Pessoas pela UNP. Sua família tem origens em Assú, município onde cresceu antes de se mudar para a capital. É filho do ex-deputado Ronaldo Soares e de Rizza Montenegro, e pai de duas filhas, Stella e Laura.

Em 2010, foi eleito pela primeira vez deputado estadual, cargo para o qual foi reeleito em 2022, alcançando seu 4º mandato consecutivo. Ao longo de sua carreira legislativa, atuou como relator do Orçamento do Estado em 2016 e assumiu a presidência da Comissão de Finanças e Fiscalização (CFF) em 2017. No mesmo ano, foi reconhecido como parlamentar do ano pelo Comitê de Imprensa da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. Em 2022, ocupou a presidência da Comissão de Constituição, Justiça e Redação Final.

Carvalho

 

Abracadabra: desafeto bozivan, quem avisa adversário é. Me pediram pra lhe avisar, pedindo que avise também a seus sócios, que as evidências são tantas, que é melhor você deixar de falar sobre assuntos delicados, pois pode envolver seu passado. Tem novidades de muita repercussão política.Portanto ,a quem seu ódio persegue, por conheço tuas mazelas, não se incomoda com o que vem do além. Mas, pode lhe lembrar dos seus tormentos terrestres. Tonha enigmática kkkkkk

Prolocar

Por Marcus Aragão

 

Estaria o atual governo sacrificando o Morro do Careca como oferenda aos deuses da politicagem? Esse é o preço que devemos pagar para que o PT possa se beneficiar nas próximas eleições? Não aceitamos. Assim como não iremos mais tolerar o atraso injustificado da entrega da Ponte de Igapó — explicarei mais para frente neste artigo.

Toda a sociedade já percebeu o que realmente está acontecendo. Como o governo não está conseguindo ter sucesso em nenhuma área, quer impedir que a prefeitura trabalhe. Seria para beneficiar a candidatura de Natália Bonavides?

Estaria todo o Estado, por diferentes motivos, inteiramente a serviço da politicagem? A economia? A falência das empresas? O desemprego? A fome? A violência? Todos são peças desse xadrez maquiavélico?

Tenho que esclarecer por que citei a Ponte de Igapó. É uma obra que se arrasta simplesmente para cumprir seu papel no estratagema político. Pouco importa se essa demora prejudica as 400 mil pessoas da Zona Norte, os 70 mil carros que se engarrafam, causando estresse sem fim e perda de tempo e dinheiro. Tudo isso para manter a conveniência política de não permitir que a prefeitura inaugure a Felizardo Moura.

Você, leitor inconformado, pode pensar que o atraso enorme do DNIT revela uma completa incompetência do órgão federal — Não pense assim. O DNIT é competente e realiza obras no prazo correto em inúmeros outros locais. Analisando isso, fica evidente a enorme pressão que o órgão e o MDB devem estar sofrendo para travar essa obra. Como a indicação da direção é meramente política, poderia o DNIT revelar a pressão sofrida?

É assim que o atual governo retribui o voto de confiança dado pela população? Não ser capaz de promover o desenvolvimento que merecemos e precisamos é frustrante. Agora, impedir o crescimento, a economia e a qualidade de vida do potiguar é uma abominável estratégia.

Abrimos a nossa porta para este grupo político que nos seduziu com assistencialismo e promessas — não realizadas. Em retribuição, deixa nosso RN definhar preso como refém — e ainda exige votos como resgate.

Deus salve o RN!

Marcus Aragão
@aragao01

Prolocar

 

Hoje, dia 11 de julho, os olhares da Terra do Cabugi estarão voltados para a live decisiva de Cinara Dantas, um evento que promete não apenas revelar seu pré-candidato a vice-prefeito, mas também consolidar seu crescente apoio nas pesquisas eleitorais. Cinara Dantas, figura política em ascensão na cidade de Angicos/RN, tem ganhado destaque não apenas pela sua trajetória, mas também por sua abordagem direta e compromisso com a comunidade.

Um dos momentos mais aguardados da live será o anúncio oficial do pré-candidato a vice-prefeito na chapa de Cinara Dantas. Este anúncio não apenas define uma etapa crucial na estratégia eleitoral da candidata, mas também sinaliza sua capacidade de formar alianças estratégicas para fortalecer sua candidatura.

Além do anúncio do pré-candidato a vice-prefeito, a live de hoje acontece em um momento estratégico para Cinara Dantas, que tem demonstrado um crescimento consistente nas pesquisas de opinião. Com uma campanha focada em propostas claras e um diálogo aberto com os eleitores, sua popularidade tem aumentado significativamente, e a expectativa é que este crescimento se intensifique com a escolha do novo integrante da chapa, ampliando seu alcance e apoio na comunidade.

A transmissão ao vivo não apenas oferece um espaço para o anúncio político crucial, mas também reforça o compromisso de Cinara Dantas com a transparência e o engajamento direto com os eleitores. Este tipo de interação digital não só permite que os cidadãos participem ativamente do processo político, mas também fortalece os laços entre pré-candidato e comunidade, promovendo uma democracia mais participativa e informada.

À medida que a live se desenrola hoje à noite, as expectativas são altas não só para o anúncio do pré-candidato a vice-prefeito, mas também para o impacto que este movimento terá nas dinâmicas políticas da região. Com um apoio crescente e uma estratégia clara, Cinara Dantas está posicionada para consolidar sua candidatura como uma força relevante na Terra do Cabugi, oferecendo novas perspectivas e liderança para os desafios futuros da comunidade.

A live de hoje de Cinara Dantas representa não apenas um evento político, mas um marco significativo na trajetória rumo às eleições na Terra do Cabugi. Com o anúncio do pré-candidato a vice-prefeito e o fortalecimento de sua posição nas pesquisas, Cinara Dantas continua a moldar o cenário político local, demonstrando sua capacidade de liderança e seu compromisso com uma abordagem inclusiva e participativa na política.

Foto: Getty Images/FG Trade

Será difícil implementar de maneira satisfatória a nova revisão do ensino médio até 2025, como prevê o texto aprovado pelo Congresso nesta terça-feira (9), dizem secretários de educação e especialistas.

Eles citam o prazo curto e diferenças regionais como principais empecilhos.

O novo modelo de ensino, patrocinado pelo governo Lula (PT), exigirá ações como criação de diretrizes, adaptação de carga horária e também de itinerários formativos.

Fica mantida a estrutura definida na reforma de 2017, com a divisão do ensino médio em dois blocos: uma parte comum a todos os alunos e outra, de itinerários formativos —linhas de aprofundamento a serem escolhidas. Mas, agora, haverá mais tempo de aulas para a parte comum.

Considerando uma jornada de cinco horas de aulas diárias, totalizando 3.000 horas nos três anos de formação, 80% da carga horária deverá ser vinculado à parte comum. Esse bloco abriga disciplinas tradicionais —como português, matemática física e história— , com conteúdo vinculado à Base Nacional Comum Curricular.

O restante, 20%, será direcionado para os itinerários formativos, agora divididos em cinco linhas: linguagens, matemática, ciências humanas, ciências da natureza e ensino técnico e profissional.

Folha de S. Paulo

Dra Rafaella

Foto: Reprodução

O presidente nacional do PL, Valdemar Costa Neto, quer se reunir em agosto com o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

O dirigente partidário busca uma solução para reverter a decisão do ministro que proibiu o dirigente partidário de ter qualquer diálogo com o ex-presidente Jair Bolsonaro.

Os dois não podem se falar desde fevereiro, quando Valdemar foi preso em uma operação da Polícia Federal (PF).

O objetivo de Valdemar é convencer Moraes a rever a decisão às vésperas das eleições municipais, já que Bolsonaro é a principal aposta da legenda como cabo eleitoral.

Na busca pelo encontro, Valdemar tem recorrido ao ex-presidente Michel Temer, responsável pela indicação de Moraes para a Suprema Corte.

Valdemar e Temer tem mantido uma relação cordial devido às eleições em São Paulo, já que ambos apoiam a reeleição do prefeito Ricardo Nunes.

Desde o início do ano, Valdemar e Bolsonaro montaram um esquema logístico para despachar na sede nacional do PL, em Brasília.

O dirigente partidário mudou o seu gabinete para outro andar e recorre à ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro e ao senador Flávio Bolsonaro quando quer fazer uma informação chegar ao ex-presidente.

CNN

Carvalho

A contadora angicana Kétsia de Deca Pierre desponta como uma promissora candidata a vereadora, colocando seu nome à disposição da população com determinação e propósito. Reconhecida por sua fibra e coragem, Kétsia já demonstra um compromisso sólido com o social, refletido em seu trabalho prévio antes mesmo de ingressar na política. Sua independência e resolutividade são marcas que prometem fazer diferença na política pública, trazendo soluções eficazes para os desafios enfrentados pela comunidade de Angicos.

 

Filiada ao partido PP e próxima a participar da convenção para homologação de sua candidatura, Kétsia surge como uma opção de destaque no cenário político local. Sua pré-candidatura representa não apenas uma busca por renovação, mas também a força da representação feminina na câmara de vereadores. Com um perfil dinâmico e proativo, ela se apresenta como uma voz capaz de inovar e promover mudanças positivas no legislativo municipal.

 

Angicos vai ter a oportunidade de eleger uma mulher comprometida com o bem-estar coletivo e o desenvolvimento da cidade. Kétsia de Deca Pierre não só traz consigo experiência e dedicação, mas também a vontade genuína de servir à população, tornando-se uma opção forte e inspiradora para o futuro político local.

Prolocar

Foto: Reprodução

O Rio Grande do Norte é o estado do país com o maior percentual de gastos com pessoal – em relação à receita líquida. O RN gastou 56,86% das suas receitas com pagamento de pessoal.

Esse percentual ultrapassa o limite para despesa com pessoal previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) para o Poder Executivo, que é 49%.

Os dados estão no Relatório de Gestão Fiscal (RGF) relativo ao 1º quadrimestre de 2024, divulgado pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN).

Além do Rio Grande do Norte, Minas Gerais (com 50,37%) também ultrapassou o limite estipulado em lei, que é de 49% da receita.

Em junho deste ano o Ministério Público Estadual recomendou ao governo do estado uma série de medidas administrativas para adequação das despesas estaduais à Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Entre elas, que o governo não aumente salários, suspenda a criação de cargos e não realize concursos públicos.

Segundo o Tesouro Nacional, a despesa total com pessoal representa os gastos com servidores ativos, inativos e pensionistas, deduzidas as despesas de indenização por demissão de servidores ou empregados; incentivos à demissão voluntária; ou decorrentes de decisão judicial e da competência de período anterior ao da apuração.

De acordo com o relatório, do gasto total com pessoal no RN 60% foi usado para pagamento de servidores ativos e 39% com inativos e pensionistas. 1% foi para pagamento de terceirizações.

Vale ressaltar que a Lei de Responsabilidade Fiscal não prevê punição criminal para os estados que ultrapassam o gasto previsto com pessoal, exceto quando há aumento nessa despesa nos últimos 180 dias de mandato.

Já os Poderes Judiciário, Legislativo e o Ministério Público do RN permaneceram dentro dos limites impostos pela lei.

G1 RN

Dra Rafaella

Foto: Reprodução

A Polícia Federal realiza no começo da manhã desta quarta-feira (10) uma grande operação em seis estados e no Distrito Federal contra um grupo responsável por movimentar R$ 1 bilhão com descaminho de celulares de última geração. Dois carros da Polícia Federal estão na loja de telefones celulares Apple Box na Afonso Pena, no edifício Jardins do Alto.

São 46 endereços alvos de mandados no Paraná, Maranhão, Rio Grande do Norte, em São Paulo, Goiás e Santa Catarina, além do Distrito Federal. São alvos da PF e da Receita Federal 51 pessoas, apontadas como participantes do esquema que recebia os aparelhos do Paraguai e dos Estados Unidos e entravam por Foz do Iguaçu (PR) e encaminhava a todo o Brasil.

A Receita aponta que o grupo foi responsável pela entrada ilegal de 500 mil aparelhos em cinco anos. No DF, os agentes cumprem os mandados em lojas dos principais shoppings da capital, sendo um deles na região central, a 1 km da Esplanada dos Ministérios, e na principal feira de Importados de Brasília.

A Justiça também determinou 25 ordens de sequestro de imóveis, 42 sequestros de veículos, além do bloqueio de R$ 280 milhões nas contas dos alvos da operação.

Também há medidas cautelares diversas da prisão em desfavor dos principais investigados, tais como proibição de se ausentarem do país, com a entrega dos passaportes em 24 horas, proibição de se ausentarem do município de domicílio, comparecimento mensal ao Juízo Federal para informar suas atividades e proibição de manterem contato uns com os outros.

CNN

Foto: ShutterstockCongestion in May 23rd Avenue

A indústria automotiva aponta que o IS (Imposto Seletivo) para veículos vai na contramão do que institui a lógica do Proconve (Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores), do Conama (Conselho Nacional do Meio Ambiente). O programa determina, desde 1986, mudanças na produção, fase a fase, exigindo que os carros saiam de fábrica com padrões de emissão reduzida.

Os veículos –exceto caminhões acima de 5 toneladas– foram incluídos na 5ª feira (4.jul.2024) no rol de produtos que terão incidência de IS, conforme texto substitutivo do projeto de lei complementar 68/2024 para regulamentar parte da reforma tributária. O tema segue em debate no Congresso Nacional e deve ser votado nesta semana.

Segundo a Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), automóveis mais novos, e com tecnologias ambientais mais sofisticadas, devem ficar mais caros com a inclusão de veículos na nova tributação, que prevê taxar produtos potencialmente nocivos ao meio ambiente e à saúde.

Com isso, o novo tributo deve desestimular a troca dos veículos antigos, mais poluentes, por novos carros, com tecnologias dentro do previsto no Proconve e que permitem um funcionamento com menos emissões. Segundo a entidade, um carro fabricado há 23 anos polui 20 vezes mais do que um zero quilômetro.

Poder360

Dra Rafaella


Foto: Reprodução

A pesquisa Genial/Quaest publicada nesta quarta-feira (10) mostrou que o poder de compra está menor para 63% dos brasileiros, comparado aos últimos 12 meses.

O número de 63% representa uma queda em relação ao mês de maio deste ano, quando 67% dos brasileiros achavam que o poder de compra estava menor, a maior porcentagem desde o abril de 2023. A menor foi registrada em junho do ano passado, quando 30% dos entrevistados consideravam que tinham um menor poder de compra.

Na direção contrária, para 21% dos brasileiros o poder de compra é maior agora do que há um ano, dois pontos percentuais a mais do que o registrado em maio deste ano, e 12 pontos percentuais a menos do que em dezembro de 2023 – mês com maior percentual desde abril do mesmo ano.
A opinião de quem acha que o poder de compra dos brasileiros está igual soma 14%. Essa linha de opinião se manteve menos oscilante entre abril e outubro de 2023, respectivamente com 32% e 36%.A porcentagem dos brasileiros que acham que o poder de compra comparado a um ano atrás está igual caiu para 17% em dezembro.

Não souberam ou não responderam somaram 2%.

CNN

Carvalho

Foto: Reprodução/CNN

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou que espera receber a Venezuela de volta ao Mercosul “rapidamente”. A fala aconteceu durante discurso ao lado do presidente da Bolívia, Luis Arce, nesta terça-feira (9).

Prolocar

Em meio aos brilhantes fogos de artifício que pintam o céu noturno e às risadas que ecoam pelas ruas durante os festejos sociais de nossa cidade, há uma sombra que paira silenciosa sobre nossas consciências. Recentemente, a prefeitura desembolsou mais de 100 mil reais para trazer uma única atração para nossos eventos festivos. É difícil não se maravilhar com a grandiosidade e o esplendor desse investimento quando vivenciamos a magia desses momentos. No entanto, enquanto celebramos efusivamente, não podemos ignorar uma triste realidade que persiste diariamente entre nós.

Promessas foram feitas. Compromissos foram assumidos. Cidadãos angicanos aguardam ansiosamente por um lar digno, uma promessa simples de um teto seguro sob o qual possam abrigar suas esperanças e sonhos. Famílias inteiras, crianças inocentes e idosos fragilizados enfrentam diariamente as agruras da falta de moradia adequada. Enquanto as luzes dos holofotes brilham sobre o palco das festividades, há quem viva à margem, sem a mínima garantia de dignidade.

Não somos insensíveis à importância das festas para nossa comunidade. Compreendemos que além de celebrar, esses eventos dinamizam nossa economia local, promovem o turismo e fortalecem nosso senso de identidade coletiva. No entanto, é imperativo questionar: onde está o equilíbrio? Como podemos justificar gastos vultuosos em atrações efêmeras enquanto tantos de nossos concidadãos lutam diariamente por um lugar que possam chamar de lar?

Peço que olhemos além dos espetáculos momentâneos e nos conectemos com a realidade que muitos enfrentam. Imagine o peso no coração de uma mãe que luta para encontrar um teto seguro para seus filhos. Sinta a dor de um idoso que passou a vida contribuindo para a comunidade, agora vivendo à mercê das intempéries da rua. Essas são histórias reais, vidas reais que merecem nossa atenção e ação.

 

A verdadeira grandeza de uma comunidade não se mede apenas pela grandiosidade de suas festas, mas pela capacidade de cuidar dos seus membros mais vulneráveis. É hora de exigir responsabilidade e compromisso daqueles que foram eleitos para nos representar. É hora de priorizar recursos para construir não apenas estruturas físicas, mas lares verdadeiros onde cada indivíduo possa encontrar segurança e esperança.
Portanto, convido você, caro leitor, a refletir sobre o que realmente importa em nossa cidade. Não deixemos que o brilho das luzes nos cegue para as necessidades fundamentais de nossos concidadãos. Juntos, podemos e devemos fazer a diferença, garantindo que cada investimento seja um passo em direção a um futuro mais justo e solidário para todos.

Imagem: reprodução
Na manhã desta terça-feira, dia 9 de julho, a jovem Somalia Càldas, comunicou à população de Ipanguaçu, município situado na região do Vale do Açu, que o seu nome estará à disposição para o próximo pleito eleitoral deste ano como pré-candidata a vereadora.
“Abraço a mudança com coragem e determinação. Com sonhos, metas, projetos e esperança no coração, estou pronta e preparada para seguir servindo as pessoas. Com a experiência na gestão pública que me guia em cada ação, eu aceitei o chamado e me coloco à disposição. Sou Pré-candidata a vereadora de Ipanguaçu pelo MDB. Vamos juntos nessa nova missão?”, disse Somalia Càldas.

Prolocar

Abracadabra: froide varzeano, quanta hipocrisia a sua, você apoio a formação da oligarquia feita à sombra do poder; marido, mulher e o primo. Ao chegar à política, o marido, construiu o poder econômico. E com esse binômio, se acha a bala de plata, e de plata ficou entendido

. Portanto, froide varzeano, você tem ranço com a família política de serviços prestados ao nosso município, e por não lhe dar cabimento; você promove a oligarquia econômica em construção. Suas meninas não colaram e seu desespero vai ser grande. E enquanto isso, vou trabalhar mais a favor do candidato,do coração do nosso povo. Tonha com gosto de vitória

Prolocar

A Prefeitura de Serra do Mel, sob o controle do prefeito Bibiano, divulgou as atrações do 6º Festival de Quadrilhas Juninas, (Fequaju). No entanto, essa revelação gerou críticas partidas da população sobre a atrações contratadas para o evento.

O Fequaju tem sido palco de polêmicas até mesmo antes do anúncio das bandas, nos bastidores, comenta-se que integrantes da gestão também não apoiam as contratações das bandas anunciadas.
A insatisfação deve aumentar a medida que se aproxima o evento, nas redes sociais a população expressou insatisfação com a gestão municipal, que parece estar comprometendo a realização do tradicional festival.

Prolocar

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Antes mesmo de tomar posse, Lula sinalizou que a política ambiental seria uma das prioridades do seu governo e a principal aposta para melhorar a imagem do Brasil no exterior.

A ideia era promissora, mas não tão simples, já que o petista herdaria graves problemas deixados pelo seu antecessor. Jair Bolsonaro flexibilizou medidas de preservação, fez vistas grossas para o garimpo ilegal e desmontou políticas públicas importantes.

De modo a reforçar sua intenção de dar uma formidável guinada nessa área, Lula anunciou Marina Silva como ministra do Meio Ambiente. Passados menos de dois anos do mandato, no entanto, há um inegável clima de decepção.

A área que era para ser uma vitrine da nova gestão acumula encrencas e recebe críticas de todos os lados, inclusive de algumas alas do governo e de simpatizantes do PT.

Chegou-se ao ponto em que — ironia das ironias — até a tropa de choque de políticos bolsonaristas ocupa as redes cobrando providências e promessas não cumpridas.

Veja

Dra Rafaella

Foto: Divulgação/governo de Santa Catarina

O presidente da Argentina, Javier Milei, se reuniu a portas fechadas na manhã deste domingo, 7, com o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), os governadores Tarcísio de Freitas (Republicanos-SP) e Jorginho Mello (PL-SC) e o deputado Eduardo . O encontro ocorreu no hotel que eles estão hospedados em Balneário Camboriú (SC). Bolsonaro aproveitou para dar de presente ao argentino a medalha “3is: imorrível, imbrochável e incomível”, um presente em tom de ironia que ele costuma dar a aliados políticos.

Bolsonaro presenteia Milei com medalha de “imbrochável” em SC | MetrópolesImagem: reprodução/Instagram

Antes do encontro reservado, Milei tomou café com políticos bolsonaristas. A irmã do presidente argentino, Karina Milei, e o ministro da Defesa da Argentina, Luis Petri, também participaram do encontro. Ao final do encontro, o governador de São Paulo não entrou em detalhes sobre o que foi tratado. “Foi ótimo”, disse Tarcísio sobre o encontro com o Milei. “Discutimos futebol”, brincou. Ele não respondeu se Lula foi tema da conversa.

O presidente argentino também se reuniu com empresário locais. Jorginho Mello disse que o objetivo do encontro com Milei e empresários foi discutir as relações comerciais entre Santa Catarina e a Argentina. “Foi um belo encontro para falar de democracia, economia e animar a direita”.

Estavam presentes Mário Cezar Aguiar, presidente da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc), Otto von Sothen, do Grupo Tigre, Dilvo Casagranda, da Aurora, Edilson Zanatta, da Farben, e um representante da XP Investimentos.

É a primeira visita do presidente da Argentina ao País desde que ele assumiu o cargo em dezembro do ano passado. Milei, contudo, não se encontrará com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), em desrespeito ao protocolo diplomático. Os governantes dos dois países discutiram pela imprensa e redes sociais ao longo da semana.

Lula disse que Milei deveria pedir para desculpas pelas “bobagens” que falou sobre ele e o Brasil. O presidente argentino, contudo, voltou a repetir que o petista é “comunista” e “corrupto”.

O argentino fará a palestra de encerramento da versão brasileira da Conferência de Política Ação Conservadora (CPAC Bradil) na tarde deste domingo.

Estadão Conteúdo

Imagem: reprodução

A draga que faria a engorda da praia de Ponta Negra e deixou Natal na manhã deste domingo (7), após a não liberação do Idema para o início da obra também foi destaque virou notícia no estado vizinho a Paraíba.

O site Paraíba Business, portal de notícias focado em economia e negócios, repercutiu a notícia entre seus leitores. O portal destacou que a embarcação holandesa havia chegado em 24 de junho, vinda da Espanha mas não tinha autorização para iniciar a obra.

Foto: Carlos Azevedo/NOVO Notícias

O secretário municipal de Meio Ambiente e Urbanismo, Thiago Nunes Mesquita, aguarda a notificação do Idema para se posicionar a respeitos 19 itens que o órgão ambientalista do Estado cobra como resposta para liberar a licença operacional das obras de engorda da praia de Ponta Negra: “Não sei quais são e nem sei o que está faltando”.

Thiago Mesquisa afirma que o Idema “está com esse processo há quase um mês, ou melhor, para o município, fez um mês ontem (sabádo, 6). Essa é uma licença de instalação e operação, não é mais a licença prévia. A licença prévia já passou, já houve o atestado, quando emite a licença prévia, que a obra tem viabilidade ambiental”.

Mesquita explicou que a fase de instalação e operação “é para se dedicar, principalmente, para poder analisar o projeto executivo e as condicionantes da licença anterior. As condicionantes da licença anterior foram extremamente exageradas, um absurdo para uma obra tão simples como é uma engorda, pegar a areia de um canto e colocar em outro. É uma terraplanagem”.

Para Mesquita, é preciso “parar de supervalorizar aquilo que não não tem muito fundamento, o Idema emitiu uma licença prévia com 50 condicionantes, todas com desdobramentos, teve uma condicionante que só ela tinha 36 dez dobramentos. Então foram quase 160 itens que eles condicionaram na licença anterior.

Ele considera a demora desnecessária e exagerada. “É um preciosismo exagerado para uma obra simples, objetiva, fácil de execução, rápida, e que vai trazer mais impacto positivo do que negativo”, adiantou Mesquita.

Tribuna do Norte

Carvalho
Empréstimo
RN Cred
*AGORA EM ASSÚ, “MYPHONE IMPORTS”, O LUGAR CERTO PARA COMPRAR O SEU CELULAR! PASSA LÁ!*
Drogaria Sta Rita
Box Pai e Filho
Moto

Facebook